sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Feliz 2011!!


Te Agradeço
(Diante do Trono)
Composição: Dennis Jernigan

Por tudo o que tens feito
Por tudo o que vais fazer
Por tuas promessas e tudo o que és
Eu quero te agradecer
Com todo o meu ser

Te agradeço, meu Senhor
Te agradeço, meu Senhor

Te agradeço por me libertar e salvar
Por ter morrido em meu lugar
Te agradeço
Jesus, te agradeço
Eu te agradeço
Te agradeço


sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Feliz Natal!!!!!


domingo, 19 de dezembro de 2010

Sempre ao seu lado.

Aff! Tá certo que eu sou chorona, mas fazia tempo que não chorava tanto num filme desde  "A Procura da Felicidade".
Reservei o filme a pedido do meu filho caçula Samuel, que tinha visto a propaganda no Telecine.
Apesar de ser com Richard Gere, confesso que no início pensei ser um outro filme tipo "Marley e eu", que não gostei muito.
Mas me surpreendi.
No final além de estar chorando, ainda fiquei muito comovida porque meu filho de 7 anos começou a chorar também, o filme o fez lembrar do nosso cachorro Thor, que morreu em setembro desse ano.
Recomendo.


Sob o Sol da Toscana


Acabei de assistir na HBO Plus um filme maravilhoso.
Sob o Sol daToscana.
Um filme para mulheres inteligentes.
Digo isso porque nem todo mundo que assiste um filme assim entende.
Só sendo muito sensível.

Beijos para quem me lê.


quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Mais luzes de natal - Porto Velho Shopping

E o natal se aproxima... :)


domingo, 12 de dezembro de 2010

Então é natal em Porto Velho.








sábado, 11 de dezembro de 2010

Casar está na moda!

Aff, agora danou-se tudo!!
Apesar de algumas pessoas terem achado a matéria boa, na minha opinião é totalmente contra o casamento.
Já vi muitos comentarem em blogs de pessoas que vão casar só porque leram a matéria. Porque  "casar" agora está na "moda".
O que vai acontecer? Apenas algo que já estava acontecendo vai aumentar por causa da matéria. Casamentos irresponsáveis.

Existem varios motivos para se casar hoje em dia.
Casa-se para entrar na sociedade. Os amigos todos casaram, e agora para participar das festinhas, só arranjando uma companheira (o).
Casa-se porque se está ficando velho e fica meio ridículo ir nas baladas cheio de cabelos brancos "pegando" menininhas, ele escolhe uma (menininha) e casa.
A mulher casa por que já chegou aos 25 e o relógio biológico está a fazer cobranças.
Casa-se para não ficar para titio ou titia.
Casa-se porque se cansou de criar cachorros.
Casa-se para ter alguém para ajudá-las(os) nas contas.
Casa-se porque qualquer outro motivo banal, contando que favoreça seu lado egoísta de ser.
Casa-se para ser feliz!

Algo que aprendi ha muito tempo atrás, que o principal motivo para casar-se, é se doar.
Doar-se para alguém.
Saber da responsabilidade de formar uma família.
Dar amor, ao seu cônjuge e filhos.
Filhos e uma outra estória muito delicada.
A maioria das mulheres tem filhos por pressão da sociedade e família. Não porque isso foi gerado em seu coração. São pessoas egoístas, que colocaram sua carreira em primeiro lugar e agora que o tempo passou querem recuperá-lo as custas de uma criança. Que não tendo culpa de nada vai pagar o "pato".
Vai ser mais uma criança solitária e ensinada a também ser egoísta como seus pais. -"Filho você tem estudar muito para ser alguém, e ganhar muito dinheiro. O amor fica para depois."

Fico muito triste vendo mães transformando suas filhas em "prostitutas", por acharam lindo ser uma mãe descolada e liberal.
Quando suas filhas fazem tatuagem ou colocam pircing é bem capaz de até segui-las e fazerem o mesmo.
Ou quando pede conselho sobre sexualidade suas mães oferecem até sua própria cama para a consumação do ato.
Esquecendo de ensinar que isso é um acontecimento único e que deve ser feito com alguém escolhido para se ficar para o resto da vida. Alguém em que se ame de verdade e que confie. Algo para ser decidido com paciência e não pressa.

Agora você que é mãe (pai) ou está pensando em ser. Pense rápido.
Você vê uma garota de cabelos lisos, unhas vermelhas, saia ou vestido curto, tatuada (ombro, pé, cintura, seja lá qual for o lugar), o que ela é, uma prostituta ou uma garota de balada pronta para casar? Ou as duas coisas?
São essas moças as futuras mães.

Quando se decide casar, casa-se não para ser feliz e sim para fazer o outro feliz.
Esse é o verdadeiro amor Ágape, amor puro, amor que vem de Deus.
Só assim um casamento pode dar certo. Com a morte do "eu".
Muito diferente do que é ensinado.
Por isso a maioria dos casamentos são fracassados.
Porque casam por motivos errados e distorcidos.

A chamada da matéria da revista Veja diz assim:

"O casamento hoje dá mais trabalho, mas traz mais satisfação."

Me digam o que é isso? Trabalho?? Satisfazer-se??
Me respondam onde está o amor aí?
E o amor Ágape??
Essa matéria é totalmente equivocada aos padrões de Deus para o casamento.
Infelizmente ainda vão vir muitos divórcios depois dela.
(Deuzijane 11/12/10 às 11:59hs)

Beijos para quem me lê.


Então é natal.

Ai que só consigo pensar na ceia. Todo ano tradicionalmente eu preparo sozinha...rsrs
Dá trabalho, no final fico um caquinho, mas vale muito a pena.

Beijos para quem me lê.


quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Passado e presente



"O passado não reconhece o seu lugar: esta sempre presente."
(Mário Quintana)


domingo, 5 de dezembro de 2010

Os fabulosos anos 80, que saudade!

A Garota Rosa-Shocking, eu simplesmente amo esse filme!! Fala do primeiro amor, do doloroso primeiro amor...rsrs Da ingenuidade da juventude, coisa que não existe mais. Saudade do que era bom.


sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Confiança nas mulheres de hoje.

Lendo um questionamento sobre confiança nas mulheres no Yahoo Respostas, encontrei essa que é fabulosa de um usuário com o nick de Intelligents are boring.
..........

Não entendo gente falando que o homem é que dá muita liberdade, que tem que controlar mais a mulher. Que hipocrisia!!!


E desde quando a mulher aceita ser controlada? Hoje em dia é bem o contrário, se o cara reclamar da saia decotada, aí que a mulher vai fazer o possível para provocá-lo. Hoje a mulher faz questão de se impor contra a opinião do homem, para se auto-afirmar e por ver machismo em tudo.



Vamos ver o seguinte... Seu comportamento na verdade é a coisa mais normal e previsível do mundo. A diferença entre você e os outros homens é que os outros disfarçam melhor ou porque simplesmente resolveram entregar os pontos e escancarar de vez, não levando mais mulher à sério e não querendo compromisso.

As mulheres irão dizer que são fracos e machistas, como sempre...

Mas a verdade é que nossos valores não são compatíveis com nosso comportamento. A cultura machista (da sociedade, não do homem) não é compatível com o comportamento da mulher. Nós ainda consideramos a traição a coisa mais desonrosa do mundo para o homem, uma destruição completa do ego e auto-estima masculina (e tem muita mulher que pensa assim) mas ao mesmo tempo a mulher age com muita liberdade e pouca responsabilidade. Qualquer carência, qualquer capricho não satisfeito, já é usado como motivo incontestável para trair. Isso não sou eu que estou dizendo, isso é dito ao quatro ventos. Aqui no YR elas posam de boas moças, mas sabemos que, quando acontece de verdade, a traição é sempre amenizada e desculpada em nome de alguma insatisfação: transfere-se a culpa para o homem.



Ou o comportamento da mulher se torna mais coerente com o que ela acredita e prega por aí, ou o homem supera a "dor de corno" e passa a banalizar o significado da traição. Mas duvido que consiga isso no curto-prazo sem se sentir forçado a desprezar o significado do relacionamento, o compromisso, casamento e a própria mulher. Na verdade isso já está acontecendo, exatamente desse jeito!



Não se fazem mais homens como antigamente, e o problema é que as mulheres não estão preparadas para o novo homem que o comportamento atual delas deveria ter criado (o homem segue a mulher). Elas continuam querendo o homem viril de antigamente mas exigindo que ele seja submisso o suficiente para aceitar uma traição e perdoar caso ela ocorra. Uma coisa não bate com a outra.

link:

http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20080719134323AA5Qby4


sábado, 27 de novembro de 2010

Casados para sempre

Formatura do curso "Casados para Sempre" hoje!!
Na imagem uma parte do convite com os formandos.
Pessoas muito queridas por nós.

...Deus tem nos chamado.


quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Passado

“…esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus”
 (Filipenses 3:13b,14)


***Eu não vivo de passado, mas nem tudo conseguimos deixar para trás. Existem sentimentos que atravessam os anos, e continuam aqui.
Mas sou perseverante.


domingo, 21 de novembro de 2010

Silêncio


Eu gosto do silêncio, é parada certa para reflexão, alimento para sabedoria.
Já aprendi muito com  ele, e ainda tenho muito a aprender.
Nos aproxima de Deus.
Dá-se um tempo.
Presente para as cordas vocais de quem canta.
Sempre quando tenho muito a dizer me calo.
Quando entendo que as palavras de alguém apaixonada pela vida como eu, não serão compreendidas.
Falar muito para alguém que não sabe ouvir, são apenas palavras jogadas ao vento.
Disperdício de tempo.
Disperdício de amor.
(Deuzijane as 15:05 hs 21/12/2010)


sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Ser diferente

"Para ser insubstituível na vida, você precisa ser diferente."
( Coco Chanel )


quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Chá entre amigas



Estou organizando juntamente com duas amadas irmãs da igreja( Sônia e Lais) o "Chá entre amigas" desse mês.Que acontecerá dia 25 quinta feira.
Estava meditando na palavra ainda ha pouco.
Quero muito falar sobre algo útil para vida das mulheres.


quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Os Gritos do Silêncio




Assisti esse filme pela pela primeira vez em 1996.
Hoje assisti novamente.


segunda-feira, 15 de novembro de 2010

A escolha do amor

"Precisamos ser amados por alguém que nos escolheu amar,
 que vê em nós algo digno de ser amado."
(Gary Chapman)

***Tenho vivido isso!!!


sábado, 13 de novembro de 2010

Verdade.

"Dizer a verdade é sempre muito elegante."
(Deuzijane em 13.11.2010)


quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Faça o que ama frequentemente.

“Essa é sua vida. Faça o que ama e faça isso frequentemente. Se você não gosta de algo, mude. Se você não gosta do seu emprego, saia. Se você não tem tempo suficiente, pare de assistir TV. Se você está procurando pelo amor da sua vida, pare; ele estará esperando por você quando começar a fazer as coisas que ama. Pare de analisar demais, todas as emoções tem sua beleza. A vida é simples. Quando você estiver comendo, aproveite até a última garfada. Abra sua mente, braços e coração para coisas e pessoas novas. Nós nos unimos em nossas diferenças. Pergunte à próxima pessoa que encontrar qual sua paixão e compartihe seu sonho com ela. Viaje com frequência; perder-se ajudará a encontrar-se. Algumas oportunidades só aparecem uma vez, aproveite-as. A vida é feita de encontros entre pessoas e criações em conjunto. Então saia e comece a criar. A vida é curta. Viva seu sonho e vista sua paixão.”


segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Mulher Virtuosa


"Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede o de finas jóias. O coração do seu marido confia nela, e não haverá falta de ganho. Ela lhe faz bem, e não mal, todos os dias da sua vida. "
(Provérbios 31: 10-12)


"Não mais vivo eu, mas Cristo vive me mim. Marcado agora estou, pelo Teu amor..."
 (Unção Agape)


quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Sonhos...

Matar o sonho é matarmo-nos. É mutilar a nossa alma. O sonho é o que temos de realmente nosso, de impenetravelmente e inexpugnavelmente nosso.


(Fernando Pessoa)


quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Eu e o mar do Calhau.

Quando adolescente eu ia a praia, buscando um pouco de solidão.
Biquini, short, toalha, sandálias, papel e caneta.
Pegava a condução me sentindo adulta, pura liberdade.
Ao pisar na areia meu coração se enchia de paz e extase.
Estendia a toalha, contemplava o mar que já fazia poesia em mim.
Sempre tinha alguém querendo roubar minha solidão.
Mas eu não permitia que ninguém se aproximasse.
Aquele momento era só meu.
Tantas linhas escrevi, diante do mar do Calhau.
Saudade dos 13, do por vir, da Deuzijane escondida aqui.
(Deuzijane 27/10/2010 às 07:12hs)

Imagem: Praia do Calhau - São Luis MA. Por Claudio F. Lima.

http://br.olhares.com/praia_do_calhau___sao_luis_ma_foto2256564.html


Beijos para quem me lê.


sábado, 23 de outubro de 2010

Prova de fogo.



Um filme maravilhoso, foi recomendado por uma amiga "Jackeline". E hoje sou eu que recomendo.

Beijos para quem me lê.


terça-feira, 19 de outubro de 2010

Em espírito e em verdade.

"Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores."
(João 4:23)


sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Ofenderam minha inteligência!!

Comentário meu deixado em um blog com o nome de "O Provocador", sobre um vídeo do Pr. Silas Malafaia, em que se posiciona em relação ao segundo turno, nas eleições 2010.
Não sei se vai ser publicado.


Concordo com o Pr. Silas. Ele é um cidadão como qualquer outro, e tem todo o direito de expressar sua opinião. Como eu também tenho. Não gostei do seu blog! Ao contrário de muita gente, eu não vejo apenas vídeos editados. Eu vejo e leio tudo que posso e depois firmo minha opinião. Ao contrário de seu blog, que claramente é manipulador. Me perdoe, mas você ofendeu minha inteligência.


Amadureça!!!
 
Link do Blog:
 
http://noticias.r7.com/blogs/o-provocador/2010/10/15/e-agora-malafaia/
 
 
É cada coisa que me aparece. Hoje em dia qualquer um pode escrever asneiras. Meu Deus!! Mas quero deixar aqui registrado, que nem todo mundo é burro, manipulável e desinformado.
 
Beijos para quem me lê!


As cinco linguagens do amor - Gary Chapman


Um livro maravilhoso que fala da essência do amor. Recomendo!


domingo, 10 de outubro de 2010

A mangueira aqui de casa, e seus frutos.





quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Paixão por arte

Eu e minha vida corrida. Não tenho tido muito tempo para criar. Essa época do ano quando começa o período de chuvas, sempre inspiro-me a escrever. Amo o milagre que acontece nesse período. Eu sei que todo dia acontecem milagres, mas nessa época quando as mangueiras e cajueiros florescem, meu coração se alegra mais ainda. Meus olhos brilham. Ainda não parei para contemplar os pequenos frutos da mangueira que crescem vistosos aos olhos. Ainda vou fotografar e postar. Geralmente nessa época escrevo poemas, inspirada pela natureza, presente de Deus para nós. Hoje  no final da tarde quando caminhava na minha rua, indo para a pista de caminhar aqui perto de casa, de repente veio uma brisa e com ela o cheiro dos cajus maduros do cajueiro do vizinho. Que delícia...Comentei com meu companheiro de caminhada.
Que felicidade poder desfrutar desse perfume. Assim, vou ter logo que arranjar tempo para criar.
Poemas, desenhar flores, pintar o "sete" no meu cantinho. E logo logo, vou realizar um sonho, e construir meu atelier.
Não vejo a hora...


Beijos para quem me lê.


segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Parabéns Gaúcha!!

Hoje é aniversário dessa pessoa linda aí da foto. Minha amiga gaúcha Baby Sú. Amo essa guria como se fosse minha irmã.
Sú minha flor, hoje é seu aniversário, mas quem ganha o presente sou eu. Agradeço a Deus pela sua vida. Você pensa que eu esqueci de todas as vezes em que eu estava triste e voce com toda paciência do mundo me ouvia e ainda me dava conselhos? Muito obrigado.
Desejo o melhor para sua vida.
Que Deus lhe abençoe, e que Ele proteja todos os seus passos.

Feliz Aniversário!!!

beijos


segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Thor e eu.

No ano de 2000, vi um cachorrinho lindo na net, encantei-me. Era um labrador amarelo. Comentei com meu "namorido", na época que queria um daqueles. Mas sinceramente não imaginei que ia ganhar de presente de natal, o tal cachorro amarelo. Ele me levou a um canil, onde tinham 7 filhotes, todos lindos. Eu tinha que escolher um, parecia que eles sabiam que eu tinha que escolher "apenas" um. Começaram a pular de felicidade, todos querendo pular em mim. Olhei para um grandão, gordinho, robusto. Mesmo com apenas três meses, era enorme. Esperto e animado, peguei-o no colo. É esse que eu quero! Meu amor, perguntou se era aquele mesmo que eu queria. Eu confirmei com a cabeça e ao mesmo tempo disse: - É esse!
Em casa, em meio a felicidade, de ganhar um labrador com pedigree, puríssimo. Escolhi logo o nome. Era só olhar pra ele com aquele jeito pomposo, e todo loiro. Que lembrei de um desenho animado, sobre um deus loiro e forte. Thor!! Deus nórdico. rsrs
Ontem, o loiro por quem me apaixonei no canil, foi embora. Disse adeus pra esse nosso mundo. No alto de seus 10 aninhos de muita farra, brincadeiras, jogos de futebol(ele amava). Só tinha um problema, quando ele pegava a bola não queria mais largar. :)
Tão inteligente que parecia gente. Por causa dele, faço parte de comunidade no orkut "meu cachorro pensa que é gente". E ele parecia mesmo que era um de nós.
Vou sentir saudades...


sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Japanese Cherry Blossom

Ano passado minha amiga Paty que mora em Saratoga Springs-NY, em visita a sua família aqui no Brasil, trouxe uns presentinhos pra mim. Entre eles um hidratante corporal, "Japanese Cherry Blossom da Bath & Body Works". Na primeira vez que passei, nem acreditei, o tipo loção que gosto, com perfume suave de flores. Uma delícia! Sem contar que meu marido ama o cheiro. Ainda tenho ele, mas está bem no finzinho, tenho pena de usar... rsrs Tenho logo que comprar outro. Já até vi onde.
Recomendo as mulheres que são bem femininas.

beijos


quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Veja esse vídeo até o final


quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Vanilla Sky

Uma certa noite, fui dormir cedo e meu love ficou assistindo tv na sala. Lá pela madrugada, ele veio acordar-me aos prantos. Dizendo que me amava demais e que não queria me perder nunca.
Que tinha acabado de assitir a um filme e que queria que eu assistisse também. O filme: Vanilla Sky.
Hoje é um dos meus filmes favoritos.





quinta-feira, 2 de setembro de 2010

A palavra de Deus

Dia 31/08 ganhei um presente muito especial. Uma bíblia. A bíblia da mulher. Como descrever a emoção. Talvez pessoas que não conhecem a palavra de Deus, não vão entender e nem ter noção da importância. Mas para quem ama a palavra de Deus, com certeza saberão. Me alegrei, emocionei, fiquei tremendamente feliz. Estava sem bíblia já ha algum tempo, pois, a minha outra tinha sido perdida. Com os olhos cheios de lágrimas agradeci.
Quem deu?
O "meu amor"!
Na imagem um modelo igual ao que ganhei. Por dentro ela é tão linda quanto por fora. Toda florida. Depois postarei o conteúdo da dedicatória.

beijos para quem me lê.


quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Carlos Braga Palheta


22-08-2010


Dia 19 quinta feira à noite, o céu enriqueceu. Pastor Carlos Palheta, foi para glória. E hoje descansa nos braços do Pai.

Tive o privilégio de conhecer esse homem de Deus. Uma pessoa mais que especial. Com quem aprendi muito. Quando lembro dele, do jeitão de paizão, sempre com seu sorriso aberto e sincero. Das suas adorações e louvores a Deus, nos cultos de domingo. Realmente um homem diferenciado. Louvo a Deus pelo tempo que ele passou conosco.

Hoje dorme um adorador. Esperando a volta do Senhor Jesus.


http://www.ultimahora-ro.com/visualizar_noticia.php?codigo=2275


quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Caráter cafona.

O que define o caráter de uma pessoa? O que faz dela um ser educado, com princípios e compaixão? De onde tiramos o modelo de virtudes que queremos para nós? (Se é que a maioria procura virtudes nesse mundo de loucos). Sempre me achei um ser esquisito. Diferente de todos. Quase um ET. Num mundo onde as pessoas viraram clones uma das outras, é difícil dizer que cada um é um ser único. Isso ficou no passado. Tanto por dentro como por fora, as pessoas estão tão iguais que chega a ser um tédio. Tanto no comportamento como na estética, buscam-se referencia nas novelas. Se aquela atriz fez dez plásticas para ter aquele visual, porque eu também não tenho o direito de ser tão perfeita? Não precisa andar muito pra perceber que as meninas estão virando “barbies”. Dá-se uma voltinha na cidade à noite. Todas têm cabelos lisos, naturalmente esticados por uma chapinha ou produto de escovas definitivas. Nariz afinado pelo bisturi. Silicone nos seios não pode faltar. Unhas berrantemente vermelhas para parecer sexi para o gatinho. Quase todas com aquela tatuagem no ombro ou na altura da calça jeans. Ultra mega maquiadas. Micros vestidos, micros decotes. Cerveja ou uísque na mão. Pronto! Uma multidão de “barbies” a solta. Meu Deus! Chega a dar medo. Os homens com aquela camiseta apertada que parece que pegou emprestado do irmão mais novo. Braços “bombados” e tatuados. E tem aquele colar ou cordão de prata ou sementes de alguma arvore da Amazônia. Caramba! Todos iguais. É muito mau gosto junto. Tudo isso porque alguém ditou que essa é a moda do comportamento e vestuário. Que os alienados sem vontade e personalidade próprias sem perguntas copiam e são felizes (ou pelo menos fingem ser).


Às vezes quando dou uma passeada pelas páginas pessoais de algumas pessoas nos orkuts e facebooks da vida. Deparo-me com meninas com comunidades do tipo: - “Eu uso louis vuitton”. Ou... “ - Amo bolsas da Victor Hugo” . Chega a me dar arrepio quando vejo essas coisas, pois, se tem duas marcas no qual em minha opinião são cafoníssimas, são essas duas. Mas elas têm milhares de seguidores e admiradores. Só porque alguém (com certeza uma patricinha cafona), disse algum dia que ter uma daquelas é o máximo. Aí desde então a multidão sem personalidade dá até a vida para ter uma. Nem que seja falsificada.

Alguém pode- me dizer onde foi parar o bom gosto? Alguém por favor, me apresente uma pessoa gentil, educada e de bom coração (sem estar usando colarzinho de prata, nem sandália da ultima liquidação da Arezzo). Pleaseeeee!!!

(Deuzijane 04/08/10)
 
Imagem: Pesquisa Google, meramente para uso ilustrativo. Não tem vinculo com o texto.


quarta-feira, 28 de julho de 2010

Um lindo lugar...


Um lindo lugar que tive o privilégio de conhecer em junho deste ano. Guarapari - ES. Um lugar que faz sonhar. Sonhar em amar, amar e só AMAR.

Um beijo para quem me lê.


quarta-feira, 14 de julho de 2010

Ensaio sobre amizade.


Que qualidade primeira a gente dever esperar de alguém com quem pretende um relacionamento? Perguntou-me o jovem jornalista, e lhe respondi: aquelas que se esperaria do melhor amigo. O resto é claro, seriam os ingredientes da paixão, que vão além da amizade. Mas a base estaria ali: na confiança, na alegria de estar junto, no respeito, na admiração. Na tranqüilidade. Em não poder imaginar a vida sem aquela pessoa. Em algo além de todos os nossos limites e desastres.


Talvez seja um bom critério. Não digo de escolha, pois amor é instinto e intuição, mas uma dessas opções mais profundas, arcaicas, que a gente faz até sem saber, para ser feliz ou para destruir. Eu não quereria como parceiro de vida quem não pudesse querer como amigo. E amigos fazem parte de meus alicerces emocionais: são um dos ganhos que a passagem do tempo me concedeu. Falo daquela pessoa para quem posso telefonar, não importa onde ela esteja nem a hora do dia ou da madrugada, e dizer: “Estou mal, preciso de você”. E ele ou ela estará comigo pegando um carro, um avião, correndo alguns quarteirões a pé, ou simplesmente ficando ao telefone o tempo necessário para que eu me recupere, me reencontre, me reaprume, não me mate, seja lá o que for.

Mais reservada do que expansiva num primeiro momento, mais tímida, tive sempre muitos conhecidos e poucas, mais reais, amizades de verdade, dessas que formam, com a família, o chão sobre o qual a gente sabe que pode caminhar. Sem elas, eu provavelmente nem estaria aqui. Falo daquelas amizades para as quais eu sou apenas eu, uma pessoa com manias e brincadeiras, eventuais tristezas, erros e acertos, os anos de chumbo e uma generosa parte de ganhos na vida. Para eles não sou escritora, muito menos conhecida de público algum: sou gente.

A amizade é um meio-amor, sem algumas das vantagens dele mas sem o ônus do ciúme – o que é, cá entre nós, uma bela vantagem. Ser amigo é rir junto, é dar o ombro para chorar, é poder criticar (com carinho, por favor), é poder apresentar namorado ou namorada, é poder aparecer de chinelo de dedo ou roupão, é poder até brigar e voltar um minuto depois, sem ter de dar explicação nenhuma. Amiga é aquela a quem se pode ligar quando a gente está com febre e não quer sair de casa para pegar as crianças na chuva: a amiga vai, e pega junto com as dela ou até mesmo se nem tem criança naquele colégio.

Amigo é aquele a quem a gente recorre quando se angustia demais, e ele chega confortando, chamando de “minha gatona” mesmo que a gente esteja um trapo. Amigo, amiga, é um dom incrível, isso eu soube desde cedo, e não viveria sem eles. Conheci uma senhora que se vangloriava de não precisar de amigos: “Tenho meu marido e meus filhos, e isso me basta”. O marido morreu, os filhos seguiram sua vida, e ela ficou num deserto sem oásis, injuriada como se o destino tivesse lhe pregado uma peça. Mais de uma vez se queixou, e nunca tive coragem de lhe dizer, àquela altura, que a vida é uma construção, também na vida afetiva. E que amigos não nascem do nada como frutos do acaso: são cultivados com...amizade. Sem esforço, sem adubos especiais, sem método nem aflição: crescendo como crescem as árvores e as crianças quando não lhes faltam nem luz nem espaço nem afeto.

Quando em certo período o destino havia aparentemente tirado de baixo de mim todos os tapetes e perdi o prumo, o rumo, o sentido de tudo, foram amigos, amigas, e meus filhos, jovens adultos já revelados amigos, que seguraram as pontas. E eram pontas ásperas aquelas. Agüentei, persisti, e continuei amando a vida, as pessoas e a mim mesma (como meu amado amigo Erico Veríssimo), “eu me amo mas não me admiro”) o suficiente para não ficar amarga. Pois, além de acreditar no mistério de tudo o que nos acontece, eu tinha aqueles amigos. Com eles, sem grandes conversas nem palavras explícitas, aprendi solidariedade, simplicidade, honestidade, e carinho.

Nesta página, hoje, sem razão especial nem data marcada, estou homenageando aqueles, aquelas, que têm estado comigo seja como for, para o que der e vier, mesmo quando estou cansada, estou burra, estou irritada ou desatinada, pois às vezes eu sou tudo isso, ah!, sim. E o bom mesmo é que na amizade, se verdadeira, a gente não precisa se sacrificar nem compreender nem perdoar nem fazer malabarismos sexuais nem inventar desculpas nem esconder rugas ou tristezas. A gente pode simplesmente ser: que alívio, neste mundo complicado e desanimador, deslumbrante e terrível, fantástico e cansativo. Pois o verdadeiro amigo é confiável e estimulante; pode se afastar, mas sabemos que retorna; ele nos agüenta e nos chama, nos dá impulso e abrigo, e nos faz ser melhores: como o verdadeiro amor.



(Lya Luft)


terça-feira, 6 de julho de 2010

A semana mal começou e já estou tão cansada. Ando muito ansiosa. Precisando orar mais, para que Deus tire toda angústia do meu coração.

"Elevo os meus olhos para os montes: de onde me virá o socorro?
O meu socorro vem do Senhor, que fez o céu e a terra." (Sl 121:1-2)


quinta-feira, 24 de junho de 2010

Um dia lindo...

Minha última postagem foi sobre o dia dos namorados. E ele(dia 12), foi como eu esperava. Cheio de amor, de paz e tranquilidade. Coisas que só um verdadeiro amor traz. Ganhei um presente lindo, cheio de carinho e amor. Ainda não usei. Vou usar num dia especial com ele. Eu espalhei várias fotos e recadinhos com poemas por toda casa, e ele foi achando no decorrer do dia e noite...O último, achou por volta das 19:30...rsrs Os primeiros que achou,com os olhos cheios de lágrimas me agradeceu. Foi lindo.
Tá aí um resuminho do meu dia dos namorados.

Um abraço carinhoso à todos.


sexta-feira, 11 de junho de 2010

O amor está no ar...


Hummmm, amanhã é dia dos namorados...tão bom.

obs:Continuo ausente por falta de tempo...Mas, amo meus amigos que aqui conquistei, e não os esqueço.


segunda-feira, 24 de maio de 2010

Amor não se troca...




"E, nesse mundo, ninguém precisa trocar amor por coisa alguma
porque ele brota sozinho entre os dedos da mão
e se alimenta do respirar,
do contemplar o céu,
do fechar os olhos na ventania
e abrir os braços antes da chuva..."

(Rita Apoena)


>>Um carinho em todos que passam por aqui.


domingo, 16 de maio de 2010

Eu daria a minha vida pra você voltar...

Um pouco de nostalgia pra vocês...Até porque, os meus ouvidos também merecem... :)
Com tanta porcaria tocando hoje em dia, demo-nos uma pausa para uma boa música.

beijos




Eu Daria a Minha Vida
(Roberto Carlos)

Composição: Martinha

Eu daria a minha vida
Para te esquecer
Eu daria a minha vida
Pra não mais te ver
Eu daria a minha vida
Para te esquecer
Eu daria a minha vida
Pra não mais te ver

Já não tenho nada
A não ser você comigo
Sei que é preciso esquecer
Mas não consigo

Eu daria a minha vida
Para te esquecer
Eu daria a minha vida
Pra não mais te ver

Digo a todo mundo
Nunca mais verei
Aqueles olhos tristes
Que eu tanto amei

Mas existe em mim
Um coração apaixonado
Que diz
Só pra mim

Que eu daria a minha vida
Pra você voltar
Que eu daria a minha vida
Pra você ficar

Mas existe em mim
Um coração apaixonado
Que diz
Só pra mim

Que eu daria a minha vida
Pra você ficar
Que eu daria a minha vida
Pra você voltar


quarta-feira, 12 de maio de 2010

DO TEMPO DA VERGONHA - Martha Medeiros

A gente costuma dar referências do "nosso tempo", como se o nosso tempo não fosse hoje. Sou do tempo do tênis Conga, da Família Dó-Ré-Mi, da Farrah Fawcett, do Minuano Limão, e essa listagem alonga a estrada atrás de nós, faz parecer que a gente é de outro século. E somos.


Eu sou do tempo de tanta coisa, inclusive do tempo em que as pessoas sentiam vergonha. Você já deve ter reparado que vergonha caiu em desuso, a nova geração não deve nem saber do que se trata. Mas a tia aqui vai explicar.


Vergonha é o que você sente quando coloca em risco sua dignidade. Por exemplo, quando pegam você mentindo. Ou quando flagram você fazendo uma coisa que havia jurado não fazer. Às vezes a vergonha vem de atos corriqueiros, como um tropeção no meio de uma passarela ou uma gafe cometida num jantar. Isso não tem nada de grave, porém, se fez você sentir vergonha, sinal de que você planejava acertar, o que é sempre bom.


Vergonha de ser apresentada a alguém? De falar em público? Também é bobagem, ninguém espera de nós perfeição. Isso é apenas timidez. Será que quem nasceu depois dos anos 80 sabe o que é timidez? Bom, timidez é um certo recato, é quando uma pessoa não faz questão nenhuma de aparecer. Não ria, isso existe.


Mas voltando ao que nos trouxe aqui. Vergonha é o que você deveria sentir quando faz algo errado. É o que deveria sentir quando se desresponsabiliza pelo que está desmoronando à sua volta. Vergonha é quando você se habilita para uma tarefa importante e descobre que não tem competência para executá-la. Vergonha é o que se sente quando interferimos na vida dos outros de forma desastrosa. Vergonha é o que deveria nos impedir de praticar hábitos aparentemente
inocentes, como chegar atrasado no teatro quando a peça já começou, e nos impedir de coisas bastante mais sérias, como roubar.


E há a vergonha sem culpa, a vergonha pelo que representamos coletivamente. Eu, ao menos, senti muita vergonha quando uma turista estrangeira, depois de ficar dois dias confinada num aeroporto brasileiro, sem conseguir embarcar, perguntou a um repórter o que significava o lema "ordem e progresso" na nossa bandeira.


Muitos políticos (pra citar uma classe trabalhadora aleatória) não possuem vergonha. Possuem contas no exterior, assessores de marketing, mas vergonha, nenhuma.
Posam para fotografias ao lado daqueles cuja mãe já xingaram e aceitam apoio de adversários que já lhes puxaram o tapete. Quando se trata de fazer alianças, a política, de um modo geral, revela-se um bordel, e perdão se estou ofendendo as profissionais do ramo. É bem verdade que restam dois ou três que possuem a decência de dizer: prefiro não me eleger a jogar no lixo meus princípios. Mas para se posicionar assim, é preciso ser do tempo da bala azedinha vendida em lata, do tempo do "Boa noite, John Boy", do tempo dos Novos Baianos, do tempo em que Páscoa significava ressurreição e do tempo em que existia vergonha, coisa que quase ninguém mais sente, poucos lembram o que é e ninguém se esforça para reavivar.

Do Livro Doidas & Santas

>>Recebi por email do meu amigo Fumazza.

>>beijos


terça-feira, 4 de maio de 2010

A liga



Acabei de assistir a estréia do programa "A Liga", na Band. Confesso que estou chocada. O primeiro programa foi sobre os moradores de rua. Não tenho nem o que escrever, muito triste ver crianças sem ter onde dormir, sofrendo todo tipo de violência, famintas, esquecidas.




imagem: pesquisa google


domingo, 11 de abril de 2010

O tempo está correndo.




Caramba! Já vamos para a metade do mês. Será que só eu tenho a impressão de que o tempo está correndo? Quanto mais o tempo voa mais eu vejo que não podemos perder tempo com bobagens. E tentar ser feliz nas pequenas coisas. Dar valor a quem cuida da gente, se importa. Sabe aquela estória de dizer EU TE AMO sempre que tiver vontade?? Pois é, a gente não sabe o dia de amanhã. Se vamos estar vivos ou não. O mundo não pára. E não vai parar por sua ou minha causa. Então, nunca deixo de fazer um carinho, deixar um beijinho, ouvir quem precisa, dar o ombro pra quem chora, sorrir, chorar intensamente. Perder a paciência com quem não me valoriza. E dizer EU TE AMO pra mim é básico. Digo mesmo! E é sempre de coração aberto, sincero. Vejo tanta gente desperdiçando seu tempo precioso com bobagens, até eu as vezes esqueço, e escorrego. Me vejo fazendo coisas por sei lá o que, ou pra quem não merece minha atenção. Mas estou me cuidando mais, me amando mais. E isso no momento é o que importa. Estou aprendendo, vivendo mais. De vez em sempre...rsrs
Coloco uma música que eu amo no ultimo volume, e começo a dançar e cantar sozinha no meu quarto. Parece loucura?? Pode ser que pra você pareça, mas eu adoro fazer isso. Se alguém me perguntar o porquê disso? Do porque de tanta felicidade. Eu respondo:


- Pelo simples fato de estar viva!!


E isso já é um milagre a ser comemorado todos os dias.


Por isso meus amores, vivam!!


Digo isso, porque tenho praticado todos os dias. Usando minhas roupas, sapatos e brincos favoritos, não os guardo mais. O dia é hoje. Então vamos comemorar.


Desejo uma semana cheia de aventuras, coisas inesperadas e muito sorriso nos lábios.


Beijos para quem me lê.


terça-feira, 6 de abril de 2010

Colorida




Nada melhor que um feriado para dar uma arejada nas idéias. Descansar a mente.

E começar com força total a semana. Estou me sentindo assim, novinha em folha...rsrs

Eu não sei vocês, mas quando estou assim, só vejo coisas coloridas. Tenho vontade de vestir amarelo ou rosa em plena segunda feira. Ou usar um batom vermelho(coisa que nunca faço).

Geralmente sou muito discreta na maneira como me visto, mas é sempre tempo de mudar, inovar e até começar um novo eu. :)

Eita!! Eu estou com TUDOOOOOOOOOOOOOOO!


Uma vez uma amiga disse que a vida tem a cor que a gente pinta, e eu até postei no meu fotolog, com esse tema.





Que venha outro feriado!



Beijos para quem me lê.


Template by:

Free Blog Templates