sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Eu mato formiga sim!

Como existe o sapo que infla
O peru com suas plumas
O Alce com seus chifres
O Potto com suas vértebras saltadas
O Porco-espinho e seus temidos espinhos
O Gambá e seu mau cheiro
O cão que late e não morde
Existe eu, que aprendi a falar alto pra me defender.
Me defender de pessoas que percebem minha fragilidade e se aproveitam para me humilhar
Como o sapo eu me inflo, fingindo que sou grande e forte para afastar os predadores.
Assim consigo afastar alguns que na dúvida não pagam pra ver.

Isso quando meus próprios amigos não colaboram com o inimigo:
- Quem vê assim até acredita, não mata uma formiga! :(
(Deuzijane)


Obs: Jogo veneno nas formigas porque elas comem minhas plantinhas... :(





Não desista!

Duvide do que vem fácil
E não desista do que é difícil.



quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Muito de mim

Ando com uma vontade tão grande de receber todos os afetos, todos os carinhos, todas as atenções. Quero colo, quero beijo, quero cafuné, abraço apertado, mensagem na madrugada, quero flores, quero doces, quero música, vento, cheiros, quero parar de me doar e começar a receber. Sabe, eu acho que não sei fechar ciclos, colocar pontos finais. Comigo são sempre vírgulas, aspas, reticências. Eu vou gostando, eu vou cuidando, eu vou desculpando, eu vou superando, eu vou compreendendo, eu vou relevando, eu vou… e continuo indo, assim, desse jeito, sem virar páginas, sem colocar pontos. E vou dando muito de mim, e aceitando o pouquinho que os outros tem para me dar.
(Tati Berbardi)




sábado, 25 de janeiro de 2014

Por Enquanto

"Se lembra quando a gente
Chegou um dia a acreditar
Que tudo era pra sempre
Sem saber
Que o pra sempre
Sempre acaba..."

(Composição: Renato Russo)




quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Programas de Culinária

Eu e meu marido amamos assistir programas de culinária.
Estes são alguns dos que gostamos:

Comidas Exóticas - Andrew Zimmern
Hell´s Kitchen - Gordon Ramsay
Anthony Bourdain Sem Reservas
Que Marravilha - Claude Troisgros
Tempero de família - Rodrigo Hilbert
Refeições de Jamie Oliver
Diário do Olivier - Olivier Anquier
Kitchen Boss - Buddy Valastro
Nigella - Nigella Lawson
Kitchen Nightmares - Gordon Ramsay
Júnior Masterchef
Chopped

É muito gostoso assistir esses programas com ele.
E mais gostoso ainda é quando ele aprende algo novo e cozinha pra mim! ;)





terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Os Vips

"Estou guardando o que há de bom em mim
Para lhe dar quando você chegar
Toda ternura e todo meu amor.
Estou guardando pra lhe dar..."
(Composição: Roberto Carlos / Erasmo Carlos)

Post em homenagem a Márcio Augusto Antonucci um dos integrantes da dupla Os Vips que faleceu hoje.


Prestem atenção na letra e nos arranjos dessa música...Isso sim é música! Puro romantismo! O resto é resto!


sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Carta a Jovens Namorados

"Embora as mulheres desejem homens de caráter forte e nobre, a quem possam respeitar e amar, essas qualidades precisam estar combinadas com ternura e carinho, paciência e tolerância. A esposa, por sua vez, deve ser alegre, bondosa e dedicada, assemelhando seu gosto ao de seu marido até onde for possível, sem perder sua individualidade. Os dois devem cultivar paciência e bondade, assim esse terno amor de um para com o outro tornará a vida de casados deleitosa e agradável."
(Carta a Jovens Namorados - Pág. 31)






quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Bilhetinho

Num mundo de smartphones, emails e redes sociais, a pausa para um bilhetinho às vezes é esquecida - mas eu amo essas demonstrações de carinho.



terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Ah...Guilherme Arantes!


Estou com essa música na cabeça ha umas três semanas... :)



Nunca houve...

"Nunca houve dois corações mais abertos,
Nem gostos mais semelhantes,
Ou Sentimentos mais em sintonia!!!"
(Jane Austen - Persuasion 1818)



Nunca houve...eu sei. 



domingo, 12 de janeiro de 2014

Não é possível voltar atrás...



sábado, 11 de janeiro de 2014

Eu conheço bem

"E um pôr-de-sol dourado
Que eu conheço quando estou
Apaixonado..."
(Guilherme Arantes)



sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Casa de tijolos cor-de-rosa

Se dizemos às pessoas grandes: 'Vi uma bela casa de tijolos cor-de-rosa, gerânios na janela, pombas no telhado...' , elas não conseguem, de modo algum, fazer uma ideia da casa. É preciso dizer-lhes " Vi uma casa de seiscentos mil reais." Então eles exclamam: "Que beleza!"
(Trecho do livro " O Pequeno Príncipe")

Lembrei de um certo dia há alguns anos atrás, quando eu cantei um pequeno trecho de uma canção a alguém que dizia assim:
"Jogue suas mãos para o céu e agradeça se acaso tiver

Alguém que você gostaria que
estivesse sempre com você
Na rua, na chuva, na fazenda
ou numa casinha de sapê..."

Fiz menção que aquilo bastaria para eu viver, apenas o seu amor e uma casinha de sapê.
Mas ele zombou de mim dizendo que amor nenhum se sustentaria assim, que o essencial era o dinheiro nesses casos. Fiquei decepcionada, chocada, perplexa, magoada...
Eu na minha cabecinha, pensei: Dinheiro é muito fácil conseguir e não é importante. "O nosso amor sim, mas infelizmente ele não sabe disso ainda..."
(Deuzijane)




quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

O Pequeno Príncipe

Depois de um tempão querendo ler, eis que veio a oportunidade. O Pequeno Príncipe. ;)


Imagem: Minha mãozinha segurando o livro que meu amigo emprestou.

Ps: Quando estou com um livro que não li em minhas mãos, fico que nem criança com brinquedo novo! ;)


quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Parte de mim

“Tudo o que amamos profundamente converte-se em parte de nós mesmos.”
(Helen Keller)



segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Pois é...

‎"Só eu sei que cheguei à humildade máxima que um ser humano pode atingir: confessar a outro ser humano que precisa dele para existir (...) E no momento que se confessa a precisão, perde-se tudo, eu sei."
(Caio Fernando Abreu)

Pois é...perde-se tudo mesmo!



Verdades Benditas!

"Gosto de palavras na cara. De frases que doem. De verdades ditas (Benditas!).
Sou prática em determinadas questões: Ou você quer ou não.
(Rachel de Queiroz)

Caramba! Parece eu falando! Um viva a Rachel de Queiroz!!




domingo, 5 de janeiro de 2014

E o vento levou

"Eu amei algo que não existe."
(Fala da personagem Scarlett O'hara em E o vento levou)


**Acabou de passar no TCM...Amo, amo!!


sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Ser eu.

"Eu, do fundo do meu coração, tenho um orgulho absurdo de ser quem eu sou. Não vou dizer que é fácil, e que nunca deu vontade de desistir, mas vale muito mais a pena continuar." 

(Caio Fernando Abreu)
Imagem: Eu numa fotinho tirada no meu trabalho, encostada num colega muito querido que foi cortado para manter sua privacidade! rsrs 


quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Tudo volta!

"O que tem de ser, tem muita força. Ninguém precisa se assustar com a distância, os afastamentos que acontecem. Tudo volta! E voltam mais bonitas, mais maduras, voltam quando tem de voltar, voltam quando é pra ser."

(Caio Fernando Abreu)



Será que foi isso?

Eu acho que sei o que aconteceu
Eu amei alguém que nunca existiu.
Triste saber que em todos esses anos, eu esperei por algo criado apenas pela
minha imaginação.
A perfeição só existiu em meus sonhos.
(Deuzijane 01/03/12)



Aprendi

Aprendi que duas pessoas discutindo, não quer dizer que se odeiam. Que duas pessoas felizes, não quer dizer que se amam. Que o mundo dá voltas e a vida é uma sequência de desafios. Que algumas feridas saram, outras não. Que com a pessoa certa, uma vida é pouco tempo. Que com a pessoa errada, um minuto é muito. Que mesmo acompanhado, ainda posso estar só. Que caráter vem do berço, não se compra. Que Amor não se exige, se dá. Que meus amigos eventualmente vão me machucar, são humanos. Que um ato pode mudar toda uma vida. Que nem toda uma vida pode mudar alguns dos nossos atos. Que o importante pra mim, não é pra outros e isso não é defeito. Que a decência é uma prática diária. Que humilhar é a pior das covardias. Que a capacidade de amar é nata, não depende de terceiros. Que a beleza está nas boas coisas da vida,até nas mais simples. Que tudo muda para melhor ou para pior mas muda.Que nada é pra sempre.
(Desconheço Autoria)



Tempo

"O tempo não cura tudo. Aliás, o tempo não cura nada,
o tempo apenas tira o incurável do centro das atenções."
(Martha Medeiros)



Template by:

Free Blog Templates