sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Casa de tijolos cor-de-rosa

Se dizemos às pessoas grandes: 'Vi uma bela casa de tijolos cor-de-rosa, gerânios na janela, pombas no telhado...' , elas não conseguem, de modo algum, fazer uma ideia da casa. É preciso dizer-lhes " Vi uma casa de seiscentos mil reais." Então eles exclamam: "Que beleza!"
(Trecho do livro " O Pequeno Príncipe")

Lembrei de um certo dia há alguns anos atrás, quando eu cantei um pequeno trecho de uma canção a alguém que dizia assim:
"Jogue suas mãos para o céu e agradeça se acaso tiver

Alguém que você gostaria que
estivesse sempre com você
Na rua, na chuva, na fazenda
ou numa casinha de sapê..."

Fiz menção que aquilo bastaria para eu viver, apenas o seu amor e uma casinha de sapê.
Mas ele zombou de mim dizendo que amor nenhum se sustentaria assim, que o essencial era o dinheiro nesses casos. Fiquei decepcionada, chocada, perplexa, magoada...
Eu na minha cabecinha, pensei: Dinheiro é muito fácil conseguir e não é importante. "O nosso amor sim, mas infelizmente ele não sabe disso ainda..."
(Deuzijane)




0 comentários:

Template by:

Free Blog Templates