quarta-feira, 15 de março de 2017

Não tínhamos nada e tínhamos tudo



"Hoje em dia tanta gente espera ter isso ou aquilo antes de se casar. Lembro-me das histórias sobre como tinham praticamente apenas um colchão e um fogão! Papai sempre diz que o bonito da vida a dois é #construir juntos!" (Ana Paula Valadão)


Também acredito nisso! É muito fácil se juntar com alguém que já tem seu "Carrinho+Apart/Casa", já pegar o "bonde andando". Difícil é encontrar uma mulher que queira começar "do zero" com você. Quando você ainda está de bike, andando de ônibus e sem onde cair morto.
Meu marido teve sorte e me encontrou.

Eu ainda lembro e tenho orgulho de quando eu e ele começamos tudo. Não tínhamos nada e tivemos que comprar as pressas três pratos e três xícaras porque não tínhamos louça em casa para comermos. Lembro até hoje da cor das xícaras. 💗

Depois fomos comprando aos poucos: Balde, rodo, vassoura. rsrs Foi bem divertido, porque quando íamos fazer alguma coisa lembrávamos que não tínhamos em casa. Então fomos comprando conforme a necessidade, porque nenhum de nós tinha experiência.

Tenho um carinho enorme por essas lembranças... Todas elas.

Nos divertimos e rimos muito de toda a situação. Tudo muito gostoso de se viver.

Mais ou menos assim:

- Não temos prato amor! rsrs

- Não podemos convidar ninguém para vir a nossa casa, ainda não temos copos nem para oferecer água! 😊 

Não quis fazer chá de panela e nem chá de casa nova.
Queria muito viver isso, e vivi.

E ele teve o mesmo prazer e felicidade de compartilhar isso comigo. 

Na nossa casa (alugada), tinha um fogão, uma geladeira, uma cama e uma mesa emprestada da mãe dele. 😍Uma TV na sala com tapete e almofadas porque não tínhamos sofá. Na outra sala (pois é, tinha 2 salas) só o nosso aparelho de som. 😊 A casa era enorme e como não tínhamos quase nada ficava ainda maior.

Foi nessa casa que vi minha primeira chuva de granizo. Assustada com a quantidade e tamanho das pedras de gelo. Eu, Cardo e meu amor.

Lembro também das primeiras visitas. Meu irmão Marcelo e minha amiga Jake. ❤

Se eu fechar os olhos consigo lembrar dos cômodos e do cheiro da casa. 

Também lembro de toda a felicidade que sentíamos em estarmos juntos.

Casamos de "fato" dois anos depois. Com direito a muita emoção e frio na barriga. Mas isso eu conto depois.

(Deuzijane)


0 comentários:

Template by:

Free Blog Templates