quarta-feira, 5 de abril de 2017

Paixão e amor

As pessoas costumam ver a paixão como um estado de envolvimento amoroso mais intenso. Não penso assim: o que provoca as palpitações é o medo!

Quando os elos se consolidam, quando não existem obstáculos ou os amantes não se assustam com o bom encaixe, sobra o amor de boa qualidade.

O amor de boa qualidade é aquele baseado em afinidades, respeito e cuidado com modo de ser do amado. É um estado calmo, próximo das amizades.


Muitas pessoas, erradamente, consideram o amor de qualidade como inferior à paixão apenas porque não provoca sobressaltos e nem inseguranças.

A regra é que a paixão surja em contextos que envolvem dificuldades e proibições. Superados os obstáculos, o medo se atenua e sobra o amor.

Quando o medo se atenua e sobra "só" o amor, muitos acham que o amor diminui. Na realidade se aprimora: a calma reina e isso é aconchegante.

(Flavio Gikovate)

Eu sou uma pessoa apaixonada por tudo, pela vida, pela minha família... Mas tenho que concordar com o autor do texto não existe medo no amor verdadeiro.
(Deuzijane)

"o perfeito amor lança fora o medo"

1 João 4:18




0 comentários:

Template by:

Free Blog Templates